Enviando, por favor aguarde...

 Seg. a Sex. 08:00 às 18:00
Está pronto para comprar? +55 49 3664.8300

Blog Rotoplast


Umidade relativa do ar: o que é e como ela impacta na saúde

Em geral, a população sente as mudanças da umidade relativa do ar conforme as variações climáticas ocorrem. Alteração de temperaturas ocasionam mudanças na qualidade respiratória, no bem-estar e prejudicam sobretudo àqueles que possuem alergias, renites ou asma. A umidade atmosférica representa da quantidade de moléculas de água existente no ar dispersa em forma vaporizada. Os índices de umidade relativa interferem em diferentes níveis na temperatura, na incidência de chuvas, na sensação térmica e, inclusive, na saúde e bem-estar das pessoas.

A umidade relativa do ar é influenciada e determinada por diversos fatores, entre eles a maritimidade, movimentação de massas de ar, características da região, como a vegetação, além da sazonalidade de chuvas. Além desses aspectos interferirem na quantidade de umidade presente no ar, eles alteram a sensação térmica, que é diferente da temperatura.

Temperatura X Sensação térmica

A temperatura é uma grandeza física objetiva, ou seja, ela é especificamente mensurada e comparada através de métodos e critérios estabelecidos. Já a sensação térmica, bastante usada em previsões meteorológica, é mais subjetiva e mais complexa do que a aferição térmica. Sua medição é realizada através de diversos fatores como localização, tolerância ao frio de cada pessoa, além de ser influenciada pelo vento, sombras e umidade do ar.

Ao apresentar a média da sensação térmica, a meteorologia ou noticiários informam uma medição climática que considera o vento como item determinante. Ou seja, a temperatura ambiente e a velocidade do vento são as bases para medir a sensação térmica que é divulgada.

A umidade do ar para o nosso organismo 

Quanto mais úmido o ar, maior a dificuldade da transpiração evaporar. Ou seja, ela tende a ficar mais visível, formando pontos de transpiração nos poros. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o nível adequado de umidade do ar é entre 40% e 70%, abaixo disso há dificuldade de respiração, irritação das mucosas, podendo causar até sangramento nasal devido à baixa lubrificação das vias respiratórias.

A utilização de evaporadores e umidificadores de ar auxilia na redução de temperatura e melhoria do bem-estar em casa, ambientes comerciais e indústrias.